Dependendo da metodologia, estudar inglês nem sempre é descomplicado como se imagina. Afinal, o aprendizado do idioma pode não ser tão difícil quanto aprender as regras do português. No entanto, ainda é cheio de regras que, em muitos momentos, são complexas. Por isso, é natural que a aquisição desse conhecimento tenha seus obstáculos.

Mas é possível estimular estudo com algumas práticas simples.

Neste post, vamos abordar algumas formas de motivação que os pais podem adotar para estimular o filho a estudar inglês. Afinal, o estudo de uma segunda língua desempenha um importante papel para o futuro profissional e pessoal dele. 

Confira a seguir nossas 7 dicas para estimular seu filho a estudar inglês!

A motivação para estudar inglês

No mercado de trabalho atual, a maioria das vagas pedem ao candidato o conhecimento em inglês. Em alguns anos, independentemente do nicho de atuação, a fluência em inglês será requisito básico para colocação no mercado de trabalho.

Em outras palavras, não será mais um diferencial.

É o que estima a pesquisa da Page Personnel, empresa de recrutamento mundial.

Esse contexto traz uma oportunidade incrível para quem ainda é jovem e tem alguns anos pela frente antes de entrar no mercado de trabalho: estudar inglês e se tornar fluente antes da vida adulta.

E sabemos que isso é possível.

Afinal, quantos adolescentes alcançam a fluência antes de entrar para a universidade? (Se você não sabe a resposta, adiantamos: são vários!).

Isso os possibilita aproveitar intercâmbios estudantis e outras experiências ainda jovens. Ou seja, entram no mercado de trabalho com uma bagagem diferenciada. São muitas as habilidades adquiridas no estudo de um novo idioma, e elas podem fazer a diferença na carreira.

Mas para que tudo isso seja possível, é preciso ter motivação ao estudar inglês. Isso facilita o aprendizado, trazendo foco e atenção ao aluno. Afinal, é melhor estudar meia hora por dia com total concentração do que estudar duas horas sentado em frente à televisão.

Mesmo diante dos obstáculos no aprendizado de um novo idioma, é possível estimular seu filho a estudar inglês de forma eficiente.

Dicas para estimular seu filho a estudar inglês

O primeiro passo é ter um motivo para estudar.

A palavra motivação, inclusive, deriva de um motivo, um porquê. Um objetivo é validado pelos motivos. Por isso, nossa primeira dica para estimular seu filho a estudar inglês é ajudá-lo a pensar em objetivos bem definidos.

1. Converse com seu filho sobre os objetivos e as metas do estudo

Ter um bom objetivo para estudar inglês é uma ótima maneira de se manter estimulado. Não basta estudar para ficar inteligente ou apenas para ter um segundo idioma.

Seu filho deve ter em mente o que ele procura ao aprender inglês. É a melhor forma de se manter focado e engajado com o estudo

Esse objetivo deve estar bem definido e ser específico. Assim, é possível visualizar o que pretende.

Um bom exemplo é querer aprender inglês para ler toda a coleção de Harry Potter em inglês sem auxílio do dicionário. A partir deste objetivo, é preciso estabelecer um prazo, para que ele se transforme em meta.

Então, estudar inglês para ler toda a coleção de Harry Potter em inglês até o fim de 2021 é uma boa meta.

É muito importante que esse objetivo seja realista.

Pois seria impossível cumprir essa meta se seu filho já não estiver em um nível de inglês intermediário, por exemplo. Ou se quer concluí-la em 2020. 

Dica para estimular a estudar inglês:

Uma boa maneira de estimular estudo de inglês neste exemplo é estabelecer um road map.

Ele pode, por exemplo, fixar pequenas conquistas até chegar na meta. Ler um livro mais simples em inglês por mês, por exemplo. Esse “caminho” deixa visível os passos necessários para atingir ao objetivo final. 

Outro bom objetivo é fazer um intercâmbio quando estiver na faculdade.

Se seu filho tem 15 anos hoje, pode fixar uma meta com prazo de 6 anos de estudo, por exemplo. Assim, estará pronto para realizar a viagem aos 21 anos.

Para conseguir se manter motivado ao estudar inglês e percorrer o road map, é possível estabelecer recompensas. Falaremos melhor sobre isso na nossa dica de adotar técnicas de motivação. Mas, basicamente, é fixar metas diárias com respectivas recompensas quando elas forem concluídas. 

Acabou de ler 50 páginas em inglês no dia? A recompensa é ficar 1 hora no videogame! O cérebro adora isso e se mantém motivado, além de facilitar a aquisição do hábito de estudar

2. Faça-o acreditar em seus objetivos

Agora que os objetivos e metas estão definidos, seu filho precisa acreditar que pode conseguir chegar lá!

É uma maneira de estimular estudo, mostrando que o esforço atual não será em vão. Mas como fazer isso?

Você pode sempre bater um papo com ele, pedindo para visualizar como ele se sentirá quando conseguir fazer o intercâmbio para a Austrália. Tudo aquilo que ele vivenciará em um outro país, as coisas legais que poderá fazer. A dica aqui é utilizar a imaginação para pensar nos cenários da conquista.

É um grande combustível para estudar inglês. E, mais uma vez, o cérebro adora essa sensação!

3. Ajude-o a organizar o tempo e o espaço

Ficar só no campo da teoria não é muito funcional na hora de estudar inglês. É preciso colocar a mão na massa para atingir às metas.

Para tanto, o primeiro passo que precede a ação é organizar o tempo e o espaço de estudo.

A motivação nos estudos depende de ter um espaço adequado, com boa iluminação, silêncio e conforto. Este local deve estar organizado, sem distrações e apenas com os equipamentos e as ferramentas necessárias para o aprendizado.

Além disso, seu filho deve organizar o tempo, fazendo um planejamento para estudar inglês em meio a outras atividades. Se for necessário excluir alguma tarefa para encaixar o estudo do idioma, ajude-o a fazer uma lista de prioridades.

Lembre-o que existe uma meta que ele definiu para ser atingida

Por fim, além de organizar o tempo e o espaço, é preciso ter regularidade. O aprendizado é uma jornada contínua. É importante não ficar sem contato com o idioma por muito tempo.

É mais produtivo estudar 5 vezes na semana, somente uma hora por dia, do que 5 horas em um mesmo dia. 

4. Adote técnicas de motivação para estimular estudo 

As técnicas de motivação para estimular estudo são uma boa ideia para você ajudar seu filho a estudar inglês.

Recompensa pelo esforço

A primeira delas é a recompensa pelo esforço.

Considerando que o cérebro procura o prazer, é possível estimular estudo por meio de uma recompensa ao terminar este “desafio”. Isso faz com que seu filho crie um hábito de aprendizado constante por estar motivado para receber uma recompensa.

Afinal, o cérebro associa que o esforço é sempre recompensando. Quanto maior o esforço, maior a recompensa

Para que essa técnica seja efetiva, você deve ajudá-lo a verificar se ele realmente terminou “o desafio”. A recompensa só pode ser desfrutada se a meta foi alcançada.

Por isso, estabeleça uma meta (ler da página 10 a 20 e fazer 5 exercícios) e uma recompensa para cada meta, conforme a dificuldade. 

Dividir para conquistar

Já ouviu falar em dividir para conquistar?

Pense que muitos estudantes têm preguiça de estudar, e isso fica mais evidente quando o material didático ou o conteúdo é extenso. Muitas outras tarefas são mais atraentes do que ler 50 páginas, sem dúvidas.

Mas para estimular estudo, é possível dividir para conquistar. Ao invés de enxergar obstáculos, vê-se possibilidades

Essa técnica de motivação é ótima quando o desafio é grande.

Em caso de um conteúdo extenso, você pode ajudar seu filho a dividi-lo em dias. Se são 50 páginas, com bastam 5 dias lendo 10 páginas que a tarefa já está resolvida. Se são 10 vídeos de 2 horas cada, comece vendo 1 hora pela manhã e 1 hora pela tarde.

Em 10 dias, conclui-se a tarefa.

Ação instantânea

Outra técnica de motivação para estimular seu filho a estudar inglês é a ação instantânea.

Nosso cérebro pode ser traiçoeiro, e basta ele se lembrar do quarto desarrumado para encontrar um motivo para não estudar. E, mais uma vez, são muitos os atrativos no dia a dia que podem roubar a atenção dele para os estudos. 

Por isso, uma tomada de ação rápida pode colocá-lo de frente para os estudos, porque alivia a mente de pensamentos diversos. Ao invés de pensar em estudar e no “fardo” que isso pode ser, apenas incentive-o a sentar e começar.

Com o tempo, cria-se um hábito, e ele conseguirá estudar inglês com frequência e por mais tempo. 

A dopamina

A quarta técnica de motivação para estimular estudo é pensar em liberar dopamina na hora de estudar inglês.

Dopamina é um neurotransmissor associado à sensação do prazer. Se a atividade proporciona sentimentos agradáveis, ele é liberado. Mas se você pensa em fazer algo chato, seu corpo se fecha para a produção do neurotransmissor. O “chato” seria o estudo.

Por isso, é preciso ensinar seu filho a ver os estudos como algo bom.

É possível, por exemplo, associar o estudo a algo prazeroso, como música, séries e filmes. Tem gente que consegue escutar música enquanto estuda, liberando dopamina.

Assim, o cérebro associa o estudo com algo prazeroso. Os resultados são ótimos.

Ajude-o a criar uma playlist com músicas animadas, que dão uma boa sensação, e pronto! Bastam 10 minutos de prazer antes de começar os estudos para que o cérebro fique amigável para estudar.

5. Preze pela motivação por prazer

Você sabia que a ação humana possui a dor e o prazer como motivações principais? Pode parecer uma questão de perspectiva, inclusive, porque elas podem ser geradas pelo mesmo objetivo. 

Imagine que você queira passar em um concurso.

Você pode estudar para evitar a dor da reprovação ou do fracasso, ou pode estudar pelo prazer de conseguir a carreira dos seus sonhos. Perceba que elas partem do mesmo lugar, mas geram sensações muito diferentes. 

Na hora de estimular seu filho a estudar inglês, preze sempre pela motivação por prazer.

Isso fará com que ele obtenha mais resultados com os estudos e permaneça motivado para atingir aos objetivos. Lembra que falamos de objetivos, metas e recompensas? O cérebro gosta de ser recompensado e procura sempre o êxito. Aproveite!

6. Desperte a curiosidade do seu filho

Estimular estudo do inglês pela curiosidade é uma excelente forma, pois torna o aprendizado mais divertido e leve. Para despertar essa curiosidade, uma das maneiras é fazer conexões entre as ideias.

Sabe aquele assunto que ele se interessa mais, como games e seriados? Peça a ele para explicar qual a sinopse ou a ideia do jogo em inglês. Sabe quando ele se empolga com algum aprendizado novo na aula? Demonstre interesse e diga-o para explicar quais as conexões ele fez, tudo em inglês.

Essas são dois exemplos de situações autênticas em que é possível “pedir ajuda” ao seu filho para entender o que ele fala. Ele se sentirá bem em transmitir o conhecimento, o que aumenta o interesse pelos estudos. 

No mesmo sentido, você pode propor algumas atividades que ele goste, sempre utilizando o inglês como base. Assim, ele ficará curioso para adquirir mais conhecimento e promover debates com você.

Ler um livro em inglês e conversar sobre ele, ver um filme com áudio e legenda em inglês são boas opções.

Por fim, você pode também contextualizar o que ele aprende na aula com a vida e as experiências cotidianas. Certamente ele demonstrará interesse por isso!

7. Utilize a tecnologia para estudar inglês

Uma grande motivação para o estudo de crianças e adolescentes é o uso de tecnologia. E ela pode ser uma grande aliada para estudar inglês.

As escolas que utilizam recursos tecnológicos na sala de aula certamente obtêm resultados mais satisfatórios, pois retêm a atenção dos estudantes.

E você pode fazer isso em casa com seu filho.

Mencionamos os filmes e as séries em inglês, certo? Que tal utilizar o próprio videogame ou aplicativos para estimular estudo? Quando essas ferramentas são bem direcionadas, contribuem bastante para o aprendizado da língua estrangeira.

Estudar inglês pode se tornar uma jornada mais interessante para seu filho, o que melhora os resultados a longo prazo. Seja para o mercado de trabalho ou para a vida acadêmica, esse aprendizado será fundamental. Por isso, é importante manter a motivação em alta, como pontuamos.

Veja outras formas de ajudar seu filho a estudar inglês!

Comentários: