Aprimoramento pessoal e profissional em uma experiência no exterior, reforçar o currículo, conhecer novas culturas. Fazer um intercâmbio em países de língua inglesa está na lista de prioridades de muitos jovens e adultos. Seja durante a escola, no ensino médio, na graduação da universidade ou durante a vida profissional, essa é uma oportunidade única na vida.

Mas se o desejo já existe, também existe a dúvida sobre o destino ideal. O país de intercâmbio deve ser escolhido em conjunto com os pais (no caso de menores de idade) e leva em consideração diversos fatores, como personalidade do jovem e finalidade da experiência.

A seguir, pontuamos brevemente a importância de fazer um intercâmbio e quais são os 9 países de língua inglesa mais procurados para este fim. Confira!

A importância pessoal e profissional de fazer um intercâmbio

Fazer um intercâmbio deve ser encarado como uma oportunidade única na vida, seja você um estudante de ensino médio ou um adulto com 5 anos de formado. Essa experiência pode interferir direta e positivamente em sua vida pessoal e profissional. Aperfeiçoar seu conhecimento em língua inglesa ou em outro idioma é só mais uma atividade incluída no intercâmbio. 

Isso porque ele é muito mais do que uma simples viagem. Agregar novas culturas, enxergar o mundo com outros olhos, passar por dificuldades e resolvê-las sozinho, tudo isso mudará profundamente quem você é e quem você pode se tornar. É uma vivência que se leva para o resto da vida.

Na vida pessoal, o desenvolvimento de habilidades comportamentais (soft skilss) é um dos destaques para quem faz intercâmbio. O mero fato de se comunicar em língua inglesa ou em outro idioma é algo que nos tira da zona de conforto.

Pessoas tímidas podem até ter dificuldade no início, mas entenderão que é uma questão de sobrevivência. Então, terão que superar o desafio para aproveitarem a oportunidade. 

E não só as pessoas tímidas, mas este é um bom exemplo de que, a todo o momento, o intercâmbio colocará nossas características à prova. Superá-las é uma boa maneira de trabalhar o autodesenvolvimento.

Já na vida profissional, essa experiência de vida pode mudar bastante nossas perspectivas na carreira. O mercado de trabalho futuro será ainda mais globalizado, certo?

É possível que o intercâmbio desperte o desejo de trabalhar fora do país. Se isso não acontecer, as redes de contato ampliadas e o maior conhecimento cultural e profissional certamente “engordarão” o currículo.

Em outras palavras, podemos apontar alguns benefícios de se fazer intercâmbio:

  • Desenvolver as características pessoais, como autonomia, responsabilidade, disciplina, proatividade, adaptabilidade, pois você está basicamente sozinho em um outro país, lidando com outra cultura e outro povo;

  • Acrescentar novas possibilidades à sua carreira, seja realizando um estágio ou trabalhando em outro país, porque você adquire ou aprimora habilidades e a prática da sua profissão;

  • Possibilitar a criação de projetos internacionais, pois você passa a conhecer outra cultura de forma próxima, o que permite ter ideias inovadoras para movimentar diferentes culturas;

  • Aumentar a bagagem cultural ao ter uma vivência em outra cultura, com hábitos e tradições diferentes, o que deixa a pessoa mais aberta às diferenças e adaptável às mudanças;

  • Criar um networking internacional, pois há tempo suficiente para criar uma rede de contatos ao estudar língua inglesa, fazer uma pós graduação ou trabalhar em outro país;

  • Ampliar as experiências de trabalho, uma vez que existem destinos que permitem ao intercambista aliar estudos e trabalho;

  • Garantir um diferencial frente a outros candidatos ao disputar uma vaga de emprego, e não só pela fluência em língua inglesa; 

  • Melhorar a fluência em inglês, pois esse é um dos principais motivos para fazer um intercâmbio.

9 países de língua inglesa mais procurados para intercâmbio

Escolher um país de língua inglesa para fazer intercâmbio é uma tarefa bastante difícil. Existem muitas opções excelentes, países com excelente estrutura e receptivos para brasileiros. Como pontuamos no início, os jovens devem conversar com os pais sobre seus desejos e considerar outros fatores. Os adultos devem pensar na finalidade da experiência.

A seguir, mostramos 9 países de língua inglesa que podem ser destinos interessantes, dependendo do que você procura.

África do Sul

A África do Sul é um país de língua inglesa bastante interessante para quem deseja fazer intercâmbio. Apesar de não estar no topo da lista dos países mais procurados para estudar inglês, é um local que tem muito a oferecer.

Com preços mais baixos, se comparados a outros países, a África do Sul possui excelentes instituições de educação para todas as idades, ótimas opções de lazer e belas paisagens.

Sua cultura é bastante rica, o que possibilita ao intercambista ter experiências únicas com estágios, voluntariados e empregos. Seu povo é acolhedor, e o custo de vida é baixo. A Cidade do Cabo, segunda cidade mais populosa do país, recebe muitos intercambistas do mundo inteiro inclusive. Por isso, se este for seu destino, pode esperar lidar com pessoas de diferentes culturas.

Austrália

Do outro lado do mundo, a Austrália desponta como um destino único para os intercambistas brasileiros. Isso porque o clima tropical, de muito sol e calor, é bastante parecido. Este país de língua inglesa possui alto índice de empregabilidade, grandes universidades e ótimas opções de estudo. Por isso, estudantes de ensino médio até adultos podem aproveitar sua receptividade e sua infraestrutura invejável.

O país tem um ecossistema diversificado, lindas paisagens, muitas opções de lazer e atividades esportivas, inclusive esportes radicais. Se você se encaixa neste perfil de entretenimento, pode inclusive se preparar para um “mochilão” no país.

Nos últimos anos, o país cresceu bastante, e você também pode encontrar pessoas de várias partes do mundo. Isso ajudará a praticar o inglês com diversas nacionalidades e sotaques, o que aumenta sua compreensão sobre o idioma. 

A grande vantagem da Austrália é que você pode escolher entre cidades com cara de grandes metrópoles, como Sydney, ou paraísos litorâneos, como a Gold Coast. E, claro, Melbourne, onde tudo acontece.

Canadá

O Canadá é o destino mais procurados pelos intercambistas brasileiros. Voltado para pessoas no ensino médio, na faculdade ou adultos formados que procuram emprego, é um país de língua inglesa com grande oferta de oportunidades. 

Grande qualidade de vida, economia estável, opções culturais e de lazer, modernidade, infraestrutura e belezas naturais colocam o Canadá no topo da lista de pessoas do mundo inteiro. Não à toa, o país possui boa parte de sua população vinda de fora.

Para quem deseja ir de intercâmbio para lá para estudar inglês, o baixo custo é um atrativo, pois há diversos programas além da vida urbana. Toronto, Vancouver e Montreal são ótimas opções, inclusive. Você ainda pode aproveitar e colocar em dia seu francês, além de, claro, praticar a língua inglesa.

Escócia

A Escócia não é um destino tão famoso para quem deseja fazer intercâmbio, mas é um país que também fala inglês, além de scots e gaélico escocês. É um país interessante para o intercambista que curte cidades bonitas, arborizadas, com rochedos pré-históricos, castelos feudais e museus de arte. 

Estados Unidos

Quando pensamos em um país de língua inglesa, o primeiro nome que nos vêm à cabeça é “Estados Unidos”. Um dos destinos mais procurados pelos intercambistas de diferentes idades e níveis de inglês, o país de dimensão continental é uma das maiores potências econômicas do mundo.

Até por isso, esteja preparado para um custo de viagem mais elevado, especialmente pela relação dólar x real. No entanto, com uma boa pesquisa, é possível encontrar um programa que encaixe no seu bolso. Há, inclusive, opções para quem quer gastar menos, que é tentar um trabalho de verão.

As opções mais badaladas são Nova York, Miami, Fort Lauderdale, San Francisco, San Diego, Chicago e Boston. Por lá, você também encontrará intercambistas do mundo inteiro, pois são cidades muito bem localizadas, com estilos de vida interessantes e, claro, muito entretenimento e atrações turísticas.

Pelas inúmeras possibilidades que este país de língua inglesa traz para estudantes, será comum também se deparar com adultos fazendo MBA e outros cursos de pós-graduação.

Inglaterra

Um país de língua inglesa bem tradicional, o berço de ouro do idioma. Essa é a Inglaterra, a terra da Família Real, do Big Ben, da Torre de Londres e da libra esterlina. Sim, este será um dos destinos mais caros para quem deseja entrar em contato profundo com a língua inglesa. 

Sem dúvidas, é um país encantador que pode te abrigar em Londres, Manchester, Liverpool e Londres. No entanto, para não gastar muito, você pode optar por cidades menores próximas a Londres, como Bristol ou Brighton. Seja onde for, você encontrará lazer, cultura e muita arte e animação.

Se você estuda em uma escola de inglês com ensino britânico, é sua melhor opção. 

Irlanda

Uma opção de país de língua inglesa que vem atraindo olhares ao redor do mundo é a Irlanda. É uma boa opção para reforçar o ensino de inglês britânico sem gastar bastante, caso da Inglaterra. No entanto, é um destino mais adequado para jovens e universitários que procuram oportunidades de trabalho e agito, especialmente em Dublin.

É um país interessante, com muitos pontos turísticos e centros de lazer, que reúne tradição e modernidade. Se quiser passear pelo país, castelos e construções medievais estão espalhadas por seu território te esperando junto com os pubs! A Irlanda é também bastante receptiva a brasileiros, o que pode tornar sua experiência ainda melhor. 

Malta

Malta é uma pequena ilha ao sul da Europa que utiliza a língua inglesa, apesar de ser influenciada também pelos costumes dos povos franceses, árabes e italianos. Sua arquitetura mescla o moderno com o medieval, e suas belezas naturais são surpreendentes.

Este país vem se tornando um dos destinos dos intercambistas brasileiros, principalmente na época de férias, com clima ensolarado e agitada vida noturna. O custo de vida na ilha é mais baixo do que os demais países da região europeia, o que também atrai quem deseja estudar inglês.

Sua localização estratégica, no meio do Mar Mediterrâneo, é também interessante para quem pensa girar pelo continente. Suas cidades têm um ritmo tranquilo e badalado ao mesmo tempo. Se este é o seu perfil, é um destino perfeito. 

Nova Zelândia

Por fim, fechando nossos destinos de língua inglesa mais procurados para intercâmbio está a Nova Zelândia, a capital mundial dos esportes radicais. Pretende estudar inglês e experimentar coisas novas? É possível aproveitar a hospitalidade e a qualidade de vida do país, que recebe muito bem jovens de todas as idades.

O destino é interessante para quem deseja conciliar estudo e trabalho, com cursos de 14 semanas ou mais e jornada de até 20 horas semanais. Isso diminui os gastos e alivia bastante no orçamento final. 

A Nova Zelândia, assim como a Austrália, é conhecida por suas paisagens naturais de tirar o fôlego. O país também é conhecido pelos esportes aquáticos e pelas longas gravações de “O Senhor dos Anéis”. Quer entrar no clima do país? Pode maratonar os três filmes, então! Aproveite e coloque as legendas em inglês para treinar o idioma em casa.

 

Fazer um intercâmbio em um país de língua inglesa vai muito além de reforçar o aprendizado do idioma. É uma experiência única que pode aprimorar seu lado pessoal e profissional de forma bastante significativa. Se você procura por um intercâmbio para seu filho, considere que esse será um grande diferencial para ele no futuro.

Seja na África do Sul ou na Nova Zelândia, em Malta ou na Escócia, sempre existirá um destino mais adequado para o intercâmbio. Pesquise bastante e arrume as malas!

Comentários: