Você acredita que aprender inglês é simples? Vemos muitos adultos com grande dificuldade em pronunciar palavras no idioma e compreender suas estruturas. Muitos deles até estudaram quando mais jovens, mas aperfeiçoar o inglês é uma missão para vida toda.

Sem prática e com o passar dos anos, o ex-estudante pode acabar ficando “enferrujado”. Por isso, é fundamental estar em constante aperfeiçoamento da língua, seja com aulas, viagens, grupos de conversação e práticas em casa.

Diante desse cenário, apresentamos algumas formas de aperfeiçoar seu inglês e se manter em constante evolução. Confira!

Dicas para aperfeiçoar o inglês

Pense em inglês

Imagine que você está pensando em um jantar especial para toda a família. Fez um prato em sua cabeça, já sabe os ingredientes até para a sobremesa das crianças e o filme pós jantar. É uma coisa cotidiana, que fazemos a todo o momento.

Se você quer aperfeiçoar o inglês, que tal pensar nas coisas em inglês? Na hora de falar um idioma que não é nativo, fica mais difícil traduzir seu pensamento do que já pensar nas coisas naquele idioma. Tradução não é simples, e até quem é fluente apresenta problemas para alternar entre diversas línguas.

Por isso, a qualquer hora, a solução é pensar em inglês. Use a língua quando estiver pensando na rotina da semana ou ao se aprontar para a academia. Se ficou no gap com alguma palavra, look at the dictionary. Dessa forma, ao invés de traduzir, você fica praticando constantemente.

Com o tempo, você verá que o inglês fica cada vez mais natural.

Fale sozinho em frente ao espelho

Além de pensar no idioma, você sabia que falar e ler em voz alta é também uma maneira de aperfeiçoar o inglês? Seja sozinho ou na presença de alguém, pratique sua pronúncia dessa forma.

Se estiver sozinho ou se ninguém souber corrigir seus erros, não tem problema. Essa prática servirá para você ficar mais à vontade ao falar inglês.

Uma outra atividade ligada à fala é ficar à frente do espelho e se observar enquanto fala ou lê. Com poucos minutos do seu dia, você poderá entender como fica sua boca, rosto e linguagem corporal. Isso ajudará a se sentir mais confortável, porque parece que você está falando com alguém. 

O importante aqui é falar por 2 ou 3 minutos sem interrupção. Ficou preso em uma expressão? Tente se expressar de outra maneira. Ao final, você deve separar tudo aquilo que ficou mais “preso” para consultar no dicionário ou em outros materiais de apoio.

Concentre-se na fluência

Quando você está conversando em português com alguém, vez ou outra comete um deslize gramatical. Uma flexão errada no verbo, uma tônica pronunciada no local errado. Todos nós cometemos erros bobos, e nem por isso paramos o tempo todo para consertá-los.

O que importa é cumprir o objetivo da comunicação. Se a mensagem foi repassada, e o outro a compreendeu, ótimo. Esse mesmo pensamento deve existir quando você deseja aperfeiçoar o inglês. Afinal, os erros acontecerão de qualquer maneira.

Se você parar o tempo todo para corrigir a gramática das frases, você fica menos confiante e menos confortável. Por isso, fique focado bastante na fluência, e não na gramática. Aos poucos, você poderá aperfeiçoar o inglês nas regras gramaticais também. 

Inclusive, é por isso que é mais interessante aprender frases ao invés de somente palavras. Ainda que você use gramática e vocabulário corretos, não fala como um nativo. Então, procure frases e expressões utilizadas por quem tem o inglês como língua-mãe. 

E sabe uma ótima maneira de treinar fluência e aprimorar a fala? Tentar trava-línguas, qualquer série de palavras difíceis de dizer rapidamente. Veja a seguir três exemplos para você tentar:

  • If Peter Piper picked a peck of pickled peppers, where’s the peck of pickled peppers Peter Piper picked?

  • If two witches would watch two watches, which witch would watch which watch?

  • A big black bug bit a big black bear and made the big black bear bleed blood.

Esses jogos de palavras ajudam a testar o posicionamento da boca e da língua. Com o tempo, isso ajudará na pronúncia.

Assista vídeos, programas, filmes e séries em inglês

Essa é uma dica que já demos em outras oportunidades. Ela serve para treinar inglês em casa com as crianças e para tornar as férias mais produtivas. E é também por isso que ela é ótima para aperfeiçoar o inglês em qualquer idade.

Todos nós estamos constantemente ligados em vídeos no YouTube, séries, filmes e programas de TV. Mas você já experimentou ouvir um noticiário na CNN International ou qualquer outro programa em inglês?

Ouça e repita. Utilize esses vídeos como se fossem ditados para melhorar sua fluência e sua escrita. Caso não entenda, volte no vídeo (se possível) e repita cada linha. Você pode fazer isso em voz alta depois, na tentativa de imitar tom, velocidade e sotaque. 

A propósito, você já viu séries com personagens de diversos países com língua inglesa? Sherlock é uma série com bastante acento britânico, assim como Anne With An E. A maior parte das séries são com atores norte-americanos, então você já deve estar acostumado com a pronúncia. 

Além de ouvir e repetir, coloque legendas em inglês. Com apenas um vídeo, você poderá aperfeiçoar seu inglês em todas os aspectos. E tudo isso transformando esse aprendizado em algo prazeroso. Afinal, quem não gosta de passar algumas horas maratonando uma série com a família no tempo livre? Se todos falam ou estão aprendendo inglês, é ainda mais gostoso!

Conte uma história do seu idioma em inglês

Você tem filhos que também estão aprendendo inglês? Provavelmente deve ter comprado alguns livros bilíngues de histórias já conhecidas. Que tal contar uma dessas histórias em inglês, sem utilizar o livro? 

É uma maneira divertida de se testar, verificar seus conhecimentos e sua capacidade de “tradução”, ao mesmo tempo em que mantém seus filhos em contato com o idioma. Como nós dissemos no início, tente pensar em inglês e focar na fluência, e não na gramática. 

Caso tenha dúvidas ao final, ou se as crianças não compreenderam algo, vocês podem recorrer ao livro.

Cante músicas em inglês

Dentre suas músicas favoritas, quantas são em outros idiomas? Inglês, francês, italiano e espanhol são idiomas frequentes em músicas que brasileiros escutam. Se você quiser aperfeiçoar o inglês por meio da música, essa é uma ótima escolha.

Para muitas pessoas mais experientes isso já não é uma forma de motivação. Uma música pop ou um rock já faz parte do cotidiano e não exige mais atenção. Cantá-las é como ter um piloto automático. Se você faz parte desse time, tente o rap.

Muitas palavras em pouco tempo, frases normais e, em muitos casos, frases que não fazem sentido. E é aí que você vai desejar aperfeiçoar o inglês (e as gírias) para entender o que um rapper diz.

Você aprenderá novas palavras, expressões e ritmo, por que não? Procure as letras na internet para verificar se está entendendo bem. Se não conseguir acompanhar, não se apresse. É normal. Com o tempo, você vai até querer fazer um rap em inglês!

Prepare-se para situações específicas

Quem está aprendendo inglês por um motivo específico fica em busca de aperfeiçoamento direcionado. Um empresário precisa fazer uma viagem de 30 dias para o Canadá. Um aspirante a piloto de avião deseja voar em uma companhia aérea internacional. Uma médica deseja fazer uma residência na Inglaterra. 

Todas essas pessoas estão estudando para situações muito específicas. Por isso, para aperfeiçoar o inglês, é preciso treiná-lo dentro destes contextos. 

O empresário pode investir no Business English e nas situações que passará durante a viagem. Já o estudante de aviação deverá conhecer todos os termos pertinentes à aviação internacional. A médica precisa “transferir” todo o seu conhecimento e atuação para a língua inglesa. Todos precisam de um tipo diferente de inglês e devem praticá-lo com antecedência.

E pode ser algo bem mais simples também. Você, em uma viagem de férias para a Austrália, deverá pedir comida e orientações de direção, fazer check-in no hotel e no aeroporto. Estude essas situações antes de viajar. Isso te dará confiança e tem papel importante quando o assunto é aperfeiçoar o inglês.

Utilize ferramentas online

A internet é considerada “terra de ninguém” por muitas pessoas. Mas, para nós, é uma poderosa ferramenta para aperfeiçoar o inglês. Quem quer ganhar fluência e ficar sempre em contato com idiomas, principalmente o inglês, precisa adotar ferramentas online. 

Existem muitos aplicativos que ajudam você a trabalhar suas habilidades no idioma. O Duolingo é o mais famoso. Ele trabalha com diversos níveis e interesses. O aplicativo também reproduz a pronúncia das frases e auxilia o estudante a entender os erros. Se você tem crianças em casa, o app é bem intuitivo e amigável também para elas. Só tome cuidado com os anúncios.

Outros aplicativos que você pode testar são Wlingua, HelloTalk, Cambly e EWA English. Mas vale a dica: são aplicativos que complementam o ensino formal. É basicamente impossível se tornar uma pessoa fluente em inglês estudando somente por aplicativos ou receitas “milagrosas”. 

O Centro Britânico e o aperfeiçoamento do inglês

Quem deseja aperfeiçoar o inglês em uma escola formal, precisa analisar as diferentes possibilidades que cada uma oferece. No Centro Britânico, nossa metodologia é focada na personalização para oferecer um ensino qualificado de inglês. 

No início do aprendizado formal, para crianças e pré-adolescentes, é possível aperfeiçoar o inglês complementando as aulas do Centro Britânico. Nossos cursos para crianças de 3 a 10 anos trabalham, inicialmente, as habilidades de compreensão e fala. Com o tempo, há introdução de leitura e escrita. Crianças a partir de 10 anos têm aulas com ênfase em conversação.

Em nossos cursos, temos como objetivo trabalhar o aprimoramento das quatro habilidades: fala, compreensão, leitura e escrita. Acreditamos que através desse objetivo, temos maiores chances de tornar nossos alunos melhores comunicadores na língua alvo. 

Já para pré-adolescentes a partir dos 12 anos, dividimos os cursos em 5 níveis, do básico ao avançado (fluency). Além de conceitos básicos, inserimos assuntos de presente, passado e futuro, trabalhando conversação, expansão de vocabulário e estruturas. Nos últimos cursos, a ideia é aperfeiçoar o inglês com a comunicação oral e escrita para manter a fluência adquirida.

Para adultos acima de 16 anos, temos outros cursos que também trabalham as 4 habilidades. No entanto, sabemos que essas pessoas têm menos tempo. 

Por isso, temos à disposição 5 cursos: curso rápido de 8 aulas, curso básico/intermediário para ensinar estruturas fundamentais para a comunicação, curso pós-intermediário que dá ênfase a conversação e comunicação, curso avançado para aperfeiçoar comunicação oral e escrita, e o curso avançado para manter a fluência adquirida e aperfeiçoar a pronúncia.

Em todos os cursos, os interessados podem aperfeiçoar o inglês de diversas formas. Mas sabemos que há situações específicas, que demandam um trabalho especial.

Cursos especiais

Os cursos especiais atendem a um propósito específico. Em geral, podem se atrelar a uma área de atuação ou ao objetivo pessoal do aluno. 

Se você é um profissional das grandes redes do varejo brasileiro e precisa prestar atendimento bilíngue, temos o Hello Brazil!. Neste curso, você pode aperfeiçoar o inglês a partir de diálogos utilizados no cotidiano. Eles são sempre adequados às necessidades do cliente e à rotina de funcionários.

Para quem atua na área de aviação, nosso curso Aviation é específico para esses profissionais. Ele aborda vocabulário e atividades que simulam a prática real de aviadores, comissários de bordos e demais trabalhadores da área.

Existem muitos profissionais que fazem ligações internacionais com freqüência, dão palestras e apresentações. Eles precisa aperfeiçoar o inglês para desenvolver a conversação via telefone, o vocabulário e a fluência. Para estes, temos os cursos Telephone e Presentation.

No mundo corporativo, também existem muitas particularidades. O inglês aplicado a este universo é bem diferente do inglês cotidiano. Não à toa, o Centro Britânico oferece Business English, um curso dividido em 4 módulos e destinado para pessoas com essa demanda. 

Por fim, temos uma ótima alternativa para aperfeiçoar o inglês. Ela se destina para qualquer pessoa que passou anos nos cursos formais, mas que não têm contato com a língua. É o English Club, curso exclusivo para quem deseja bater papo em inglês, independentemente do nível de conhecimento.

 

Aprender leva tempo. Ser fluente em inglês leva tempo. Por isso, não se cobre tanto se você não conseguir acompanhar um música ou ver um noticiário internacional. Caso erre na pronúncia da palavra, lembre-se sempre de que o objetivo é transmitir a mensagem e ser compreendido.

Aperfeiçoar o inglês é difícil. Mas você deve se importar tanto se ainda não soa perfeito quando fala. Fique tranquilo e, a cada erro, recomece. Esse é o processo da vida. E com o inglês não seria diferente, certo? Com o tempo, o conforto e a segurança de falar inglês com qualquer pessoa, em qualquer lugar, aparecem.

O estudo em uma escola formal é o caminho mais seguro para se chegar a este estágio. Conheça o método de ensino Centro Britânico!

Comentários: